Instituto Nacional de Consumo (Português)

As regras para a rotulagem de carne de autoatendimento em superfícies de grande e médio porte (GMS) são fixadas pelo decreto de 18 de Março de 1993 relativas aos preços de publicidade para as nádegas modificadas e cortadores frios.

O nome da peça de carne e as peças de carne pré-embalada de carne de bovino, vitela e de ovino (ovelhas) são agrupadas, para o mesmo animal, sob a mesma denominação genérica ( bife ou assado por exemplo). O rótulo não indica o nome preciso do músculo (por exemplo: calcanhar da parcela ou gêmeo gêmeo).

O potencial de qualidade
Esta denominação genérica é acompanhada pelo potencial da qualidade do Canção como estrelas, o potencial de alta qualidade indicado por três estrelas (***) com o menor potencial indicado por uma única estrela (*).

O modo de cozedura
Todas as carnes não podem ser cozidas em o mesmo caminho. É por isso que o modo de preparação deve ser indicado: “para ferver”, “para grelhar” ou “assar”.

No Responses

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *